• Neuza Itioka

O Reino de Deus e a Libertação

Atualizado: Set 24



Jesus ministrava sobre o Reino de Deus e o seu mover sobre a terra. O objetivo central do ministério de Jesus Cristo era fazer notório o poder do Pai, Ele não fazia nada por si, mas repetia tudo o que via o Pai fazer, trabalhar a favor dos homens, criados à imagem e semelhança de Deus.


O ministério de libertação e curar interior envolve a batalha espiritual, todavia, o centro dessa guerra não é exaltar as trevas, pelo contrário, é mostrar que o Reino de Deus está entre nós.


“Mas se é pelo Espírito de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus”. (Mt 12:28)

É pelo poder do Espírito Santo que expulsamos os espíritos malignos, por meio do nome Jesus Cristo, a maior autoridade.


“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência”. (Cl 1:16-18 ACR).

Satanás e seus demônios nunca foram uma ameaça para a expansão do Reino de Deus na terra. Deus é o Soberano Criador, e satanás e suas hostes são apenas criaturas, que pelo livre-arbítrio decidiram se rebelar contra Deus. O nosso adversário é limitado, mesmo possuindo suas habilidades para destruir, roubar e matar, tudo está debaixo da ordenança de Deus.


Deus escolheu derrotar o mal, por meio de Jesus Cristo na cruz, e expor as suas fraquezas através dos cristãos, que reconhecem ser a imagem e semelhança de Deus, em Cristo Jesus.


Dentro do Reino de Deus, nós podemos guerrear acima do mal, somente com palavras de comando, como fazia Jesus.


Nós estamos assentados com o Senhor, nas regiões celestiais, diante de nós, o Senhor prepara uma mesa à frente dos nossos inimigos! Nós nos movemos pelo Espírito Santo, e manifestamos a glória de Jesus, e o seu triunfo! A igreja de Cristo é conhecida também como “Corpo de Cristo”, pois é a extensão da presença do Filho de Deus ressurreto na terra, e embaixadores do Reino de Deus. Ela existe para dar continuidade à obra que Ele iniciou antes e depois da sua ressurreição.


Jesus foi o único que conseguiu, por sua obediência a Deus, despir satanás e seus principados e potestades, subjugando-os na cruz! Após tê-los vencido, esmagado o seu poder, Ele entrou na presença de Deus e dos anjos, levando cativos todos que governam o império das trevas.


Jesus triunfantemente estabeleceu o governo do Reino de Deus sobre a terra; e pela paz que rege o seu Reino, nós devemos prosseguir ministrando a libertação, a cura física e interior, expulsando os demônios, pregando e batizando em nome do Pai, Filho e Espírito Santo.


Os princípios


Nós devemos levar em consideração alguns princípios sobre a batalha espiritual.


“Quanto à vossa obediência, é ela conhecida de todos. Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas simples no mal. E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.” (Rm 16:19-20)

  • Obediência a Deus e à sua vontade;

  • Sermos conhecidos por obedecermos ao seu mandamento;

  • Sábios para executarmos o bem;

  • Rejeitar o mal;

  • Batalha debaixo do governo de Paz;

  • Ter a convicção de que o Senhor já garantiu a vitória;

  • Deus usará as nossas vidas para esmagar a satanás e os seus;

  • Vivermos no pleno conhecimento da graça de Jesus Cristo.

Este artigo é um trecho do livro - Libertando-se de Prisões Espirituais



Artigos

mockup-03_edited.jpg
Assine a nossa newsletter