• Neuza Itioka

O Intercessor como colaborador de Deus

Atualizado: Set 24



Deus está chamando intercessores em todo o mundo, no planeta Terra. O Movimento de oração está sendo retomado, a Igreja de Jesus está intercedendo. O Espírito de Deus está derramando o espírito de intercessão em todos os lugares, entre todos os seguimentos e faixas etárias; até as crianças estão sendo chamadas para interceder. Deus tem uma paixão por chamar o mundo perdido para Si.


A intercessão tem uma função fundamental, e o intercessor colabora com Deus. Como vimos, a natureza está gemendo pela manifestação dos filhos de Deus. A palavra “intercessão” deriva de interceder, que significa: ir ou passar entre, atuar entre dois partidos, com a intenção de reconciliar aqueles que divergem; interpor-se; mediar ou fazer intercessão. A mediação de Jesus foi à cruz. Mediar é negociar entre pessoas em desacordo, com a intenção de reconciliação.


Intercessão significa colocar-se entre duas partes, suplicar em favor de outro, representar uma parte perante a outra (Is 59.16). Deus teve de se colocar na brecha pela humanidade, e Jesus encarnou a mediação entre Deus e o mundo (Jo 3.16).

O intercessor como colaborador de Deus intercessão à luz da criação e da queda


A humanidade precisava de alguém que se colocasse entre ela mesma e Deus, promovendo a reconciliação. E de alguém que se colocasse entre ela e Satanás, promovendo a separação. Jesus foi a única solução de Deus para o homem caído. Jesus veio para revelar o Pai para todos os homens.


Vimos que Adão foi criado para representar Deus perante toda a criação. Ele era o mediador ou intercessor de Deus na Terra. Estava aqui para administrar, governar e dominar. Porém, Adão caiu. Deus enviou um intercessor, Jesus Cristo, que foi nomeado por Deus como o Único Mediador entre Deus e o homem.

Jesus é o nosso advogado perfeito diante do Pai. O adjetivo “Cristo” significa “ungindo e enviado”, é o representante de quem o enviou. Diante desse quadro, observe: a intercessão de Cristo não é uma oração que Ele fez, mas uma obra de mediação que Ele fez. A oração de intercessão, que é tarefa da Igreja, será sempre, e apenas, uma extensão da obra de intercessão de Cristo. Por essa razão, nós devemos interceder em Seu nome. Afinal, Ele é o único e suficiente intercessor.


Oração de intercessão é uma extensão do ministério de Jesus através de Seu Corpo, a Igreja, por meio da qual, nós mediamos entre Deus e a humanidade, com o propósito de reconciliar o mundo com Ele. Mediamos entre Satanás e a humanidade com o propósito de reivindicar a vitória do Calvário.


Se existem discípulos que se dizem de Jesus, mas que não oram, talvez você deva duvidar da sua conversão. Uma das primeiras coisas que um cristão aprende a fazer é orar. A oração do intercessor deve ser: Pai ensina-me a orar por aquilo que está no seu coração. Os intercessores são aqueles que colocam em execução a vontade de Deus sobre a Terra.


Este é um trecho extraído da Bíblia de Estudo Conciso - Oração e Intercessão



Artigos

mockup-03_edited.jpg
Assine a nossa newsletter