Como desenvolver pensamentos proféticos

Como cristãos, devemos seguir participantes do mundo, porém, com a mente alicerçada em Cristo. O homem natural, ou seja, o não regenerado vive inclinado com a sua mente para as coisas terrenas e passageiras que estão ligadas às trevas e ao pecado. O Espírito Santo em nós traz uma vida plena, Ele completa a obra de Cristo em nossa história de vida.



Quando lemos a carta do apóstolo Paulo, aos Coríntios, podemos observar sua preocupação em relação à mentalidade dos novos convertidos. Na época de Paulo, a cidade de Corinto tinha uma população estimada em 250 mil cidadãos livres e cerca de 400 mil escravos. Além de ser uma cidade com acesso ao mar Mediterrâneo; era uma encruzilhada para viajantes e comerciantes de todas as partes do mundo. O comércio era um dos mais exuberantes do Mediterrâneo; a cultura cosmopolita, e a imoralidade sexual sem limites faziam parte da religião local, como forma de expressão e culto aos deuses da região. Além de a cidade abrigar doze grandes templos, sendo que um dos mais infames era dedicado a Afrodite, deusa grega do amor, onde mais de mil mulheres eram escolhidas todos os anos para oferecerem seus corpos aos homens como oferenda religiosa. A imoralidade e o paganismo tomaram conta da mentalidade do povo da cidade. Eles seguiam deuses e líderes segundo suas próprias consciências. Quando lemos as cartas de Paulo aos Coríntios notamos que ela faz total sentido para os dias de hoje. A maior parte das questões enfrentadas pelos cristãos daquela época faz parte da nossa rotina e realidade do século XXI. 


Não longe da época de Paulo, nós, deste presente século, temos visto uma avalanche de prostituição. Allison Mack, uma das estrelas da série famosa Smallville, de 35 anos, foi identificada como uma das comandantes de um culto que recruta escravas sexuais, de acordo com o jornal britânico Daily Mail. O jornal The New York Times trouxe uma reportagem em 17 de outubro de 2017 que as mulheres da seita eram marcadas na pele, proibidas de se alimentar e sofriam punições físicas caso não recrutassem escravas para o grupo.  O culto é chamado de DOS, uma sociedade secreta de mulheres dentro do grupo de autoajuda. Somente mulheres do NXIVM, podem se juntar ao DOS. A atriz é a segunda líder do grupo, onde suas escravas recebem as iniciais do seu nome.


O que vemos nessa situação, é que o espírito, a filosofia sexual inflamada e doentia sempre foi presente na sociedade. O diabo quer nos tornar escravos dos nossos desejos carnais desenfreados, que nos leva à destruição. A Igreja de Cristo, representada por seus discípulos, urgentemente precisa voltar a sua mente à Palavra, para não ser levada a conduta carnal e depravada. Ao entendermos que somos o corpo de Cristo na Terra, e que Jesus é a cabeça desse corpo, saberemos que toda ação do corpo dependerá da escolha e decisão da mente da cabeça. Por isso, precisamos viver a Palavra pregada, porque, é por meio dela e o amparo do Espírito Santo, que agiremos na vontade de Deus.


Como filhos de Deus, nós veremos que a sexualidade faz parte da criação dele. E, que podemos desfrutar, dentro da nova aliança em Cristo, os prazeres sexuais sadios e puros que Deus criou com tanto amor para os seus filhos e filhas. O sexo é um presente de Deus para todos nós, porém, o adversário de Deus, continua a usar esse presente para a destruição, fazendo com que o homem não se veja digno de poder desfrutar de forma sadia o sexo. O que é vida, com uma mentalidade doentia poderá tornar-se morte.


O salmista Davi escreveu “Ó Deus, como são complexos e preciosos para mim os teus pensamentos, quão vastos e profundos os teus conhecimentos. Se eu os pudesse somar, seriam mais que os grãos de areia. Se os contasse, levaria toda a eternidade e ainda haveria o que contar”.(Salmo 139.17-18 BKJ).


Os pensamentos do Senhor são únicos e maravilhosos, não podemos sondá-los, são insondáveis. É maravilhoso saber que o Espírito Santo, por meio da Palavra, pode nos instruir para conhecermos a forma que Deus pensa. Toda escrita releva o seu autor, ainda mais se estivermos no mesmo espírito (pensamento) dele.


A liberdade de pensar está disponível a nós. Não somos mais escravos dos nossos pensamentos pecaminosos, onde sofremos com a angústia de parar de pensar conforme o mundo nos orienta. Uma mentalidade profética nos leva às alturas onde Deus vive. Nós somos capazes de ouvir a voz do mundo, porém, com a mente em Cristo, não seremos levados por qualquer pensamento. 


Nós não podemos contar a areia da praia, da mesma forma não poderemos ser compreendidos quando o Espírito Santo toma conta da nossa mente, e a preenche com a sua Presença e Palavra.


A mentalidade profética nos aponta para o fato de que podemos viver livremente, caminhando em nosso dia a dia, porém, olhando com a Esperança de que existe algo além do que os nossos olhos podem contemplar.


Enquanto o mundo nos aponta a tecnologia, a sede por sermos vistos nas redes sociais e acúmulo de curtidas e seguidores, precisamos compreender que Jesus veio nos direcionar à Eternidade; a nossa maior riqueza é a Salvação, não podemos ficar presos ao padrão mundano de viver. No centro de toda a realidade está Deus, uma fonte inesgotável de poder e amor.


Deus disse a Jó: “Onde você estava quando lancei os alicerces da terra? Responda-me, se é que você sabe tanto. Quem marcou os limites das suas dimensões? Talvez você saiba!”


Quando temos uma vida dedicada a Deus, ou seja, uma vida de oração, percebemos que Deus nos eleva acima da nossa insignificância. Na presença de Deus, nós nos sentimos pequenos, de fato somos. Porém, Ele revela a sua grandeza e amor.A oração nos conduz à dedicação a Deus, que por sua vez nos leva para uma realidade, a que fomos criados para Deus, e não que Deus foi criado para nos servir.


Orar é fluir no rio de Deus, somos direcionados por Ele o tempo todo. Pensamos que em nosso muito falar, podemos mudar a mente de Deus, como a sua forma de agir na Terra – porém, tudo isso é ilusão.


A mentalidade profética nos leva a mergulhar na grandeza de Deus, é um salto de paraquedas, onde o vento e o condutor é Deus.  A mentalidade profética é dirigida pelo Espírito da profecia de Jesus Cristo, o Filho de Deus. Entendemos que somos participantes e não protagonistas da história que Deus está realizando no mundo – com isso, a nossa percepção de vida é transformada.Deus nos convida a tirar um tempo de descanso, e deixarmos de ser “deus” por certo tempo e permitir que Ele mesmo seja Deus em nossa vida. Nós moramos num mundo que não é nosso e sim do seu Criador, por isto, dependemos dele para tudo.


Que a nossa mente seja cheia do Espírito Santo, para podermos viver a história que Deus quer escrever através de nossa vida. Mente restaurada é ter Jesus no centro!


Que através dessa série “Mente de Cristo”, possamos aprender com o nosso Mestre a importância de viver com uma mentalidade que depende de Deus, e um coração inclinado à sua Presença e Palavra. Assim, o Senhor poderá extrair de nós o melhor a Ele e ao próximo.


O reavivamento só virá quando dedicarmos a atenção total a Deus, inclinando a Ele o nosso coração e modo de pensar. Que tudo seja para o louvor da sua glória! O avivamento que não transforma a nossa conduta intelectual, espiritual, emocional e social, não está dentro da obra do Espírito Santo. Quando colocamos em Deus o nosso mundo interior em ordem, enxergaremos Deus agir no mundo exterior que nos rodeia.

Artigos

mockup-03_edited.jpg
Assine a nossa newsletter