• Neuza Itioka

A cura do medo

Atualizado: Set 24

O Rei David vivia dentro de um conflito de guerras, por conta disso, ele proclamava que não deveria temer, pois, Deus era a sua salvação – O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O Senhor é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? Quando malfeitores me sobrevêm para me destruir, meus opressores e inimigos, eles é que tropeçam e caem. Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança.



O Medo


O que é medo? É um sentimento de grande inquietação diante de um perigo real ou imaginário; diante de uma ameaça; susto. Ele pode se tornar pavor, terror e pânico. Até um certo ponto, o medo nos ajuda a nos proteger. O medo do perigo faz com que nos cuidemos e evitemos fazer loucura; de nos atirarmos do sétimo andar de um prédio. Dentro do sistema humano, existe o medo natural. Temos medo do desconhecido; medo do escuro, medo de bancarrota, medo de perder filhos, esposa, medo de doença, medo de morrer, diversos tipos de medo estão ao nosso derredor.


Em toda Bíblia existem 365 frases “NÃO TEMAS”, ou “NÃO TENHA MEDO”. Deus se levanta para tirar o medo do seu povo – “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel.”


O próprio Jesus procurava tirar o medo dos seus discípulos, através da fé. O medo é o contrário da fé, a fé está acima da nossa faculdade emocional e mental, ela é espiritual. Jesus consolou e confortou Jairo, quando ele recebeu a notícia de que sua filha já estava morta. Não mais adiantava amolar o mestre, por que ela já havia morrido. Mas Jesus, ouvindo isto, lhe disse: Não temas, crê somente, e ela será salva.


O medo é uma prisão espiritual, muitas pessoas que já foram abusadas, violentadas, sofreram bullying, podem ter uma mente atrofiada, uma vida emocionalmente doentia e complicada. Mas, Jesus pode curar todas elas!


Em pleno século 21, a mensagem de Jesus continua a mesma para nós: “Não temas, crê somente, a tua situação será resolvida. Eu te salvarei da perda, da vergonha.”


O nosso Salvador diz: “Não temas, não tenhas medo, crê somente, confia em mim.”


A Origem do Medo


Quando o homem pecou, entrou o medo na vida dele e no universo.


Quando ouviram a voz do Senhor Deus, que andava no jardim pela viração do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus, o homem e sua mulher, por entre as árvores do jardim. E chamou o Senhor Deus ao homem e lhe perguntou: Onde estás? Ele respondeu: Ouvi a tua voz no jardim, e, porque estava nu, tive medo, e me escondi.


O medo pode nos afastar de Deus, mas qual tipo de medo nos afasta da sua Presença? O medo de confessar nossos pecados, isso gera uma prisão de outros tipos de medo, vergonha, isolamento, a nossa vida fica exposta – Abriram-se, então, os olhos de ambos; e, percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira e fizeram cintas para si5 . A desobediência aos princípios de Deus, abre espaço para o medo.


O Medo Paralisa, Distorce a Realidade


O que aconteceu com os discípulos que estavam remando e enfrentando as ondas, no meio da tempestade? Eram eles inexperientes pescadores? Não, eram velhos marujos, acostumados com as águas, conheciam muito bem o mover das águas, conheciam os movimentos das ondas. Jesus tinha subido ao monte para orar, sozinho e havia compelido os discípulos a entrarem no barco para atravessar o mar. E veio o vento. Na quarta vigília da noite, Jesus foi ter com eles, andando por sobre o mar. E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram.


O Medo pode ser Causado por um Espírito


Quando um pecado é repetido, abrimos a porta para o espírito. A emoção chamada medo, curtida por muito tempo pode dar lugar ao espírito de medo. Qualquer pecado cometido repetidamente abre as portas e brechas para a entrada de espíritos.


O Medo pode nos Aprisionar


A experiência de pavor pode nos empurrar para os aprisionamentos espirituais.


Como por exemplo, o medo da perda e da separação pela morte. Muitos entram no caixão com o defunto, junto com o morto.


Como Enfrentar e Resolver o Problema do Medo?


  • Enfrentando com a Palavra e confiando em Deus.

  • Confiando em Deus. Ele nunca nos abandona e nunca nos deixará a sós. Buscar conhecer a sua Pessoa, ter uma experiência íntima com Deus.

  • Ter a convicção de que somos amados por Ele, e não há espaço para o medo.

  • Desfrutando do amor do Pai. Ele não nos rejeitou, pelo contrário, Ele nos amou.

Entendimento


Nós podemos desfrutar do amor de Deus, ao invés do medo. Deus nos revela que nos ama, e por Ele, restaurados a sua imagem, podemos nos amar também. O medo de pecar, de pensar, e de sentir, perderão espaço quando o verdadeiro amor florescer dentro de cada um de nós.


Deus é amor, e a partir do momento que passamos a habitar e viver neste amor, nós passaremos a viver em Deus, e Ele viverá em nós. O amor de Jesus terá o controle das nossas vontades, emoções e sentimentos, iremos amadurecer. O amor lança fora todo medo.


O medo causa uma vida paralisada, sem expectativa, cheia de temores, medo de tudo. O amor de Deus abre espaço para a vida, e não para a morte, seja ela, morte emocional, espiritual ou física.


Esse artigo é um capítulo do livro: Cura Interior e a Batalha Espiritual.




Artigos

mockup-03_edited.jpg
Assine a nossa newsletter